Considerações iniciais: as informações contidas neste texto, só funcionam para sistemas baseados no Unix.

Já passou por aquela situação de ter vários containers docker startados em portas diferentes, aí você tenta subir um novo containar e o terminal joga na sua cara que a porta já está em uso? Ou mesmo os built-in web servers do PHP, Node ou Python, já estão usando portas que vocês gostaria de usar?

Eu também já passei por isso, há uma forma de saber se a porta já está sendo usada e/ou algumas informações sobre ela. No Linux, basta utilizar o seguinte comando:

lsof -i TCP:PORT

ex: lsof -i TCP:1313

Se porta estiver sendo utilizada o comando irá retornar algumas informações sobre ela. O comando irá retornar uma saída semelhante a esta:

COMMAND   PID     USER FD TYPE DEVICE SIZE/OFF NODE NAME
hugo    28013 atmosmps 9u IPv4 141117      0t0  TCP localhost:xtel (LISTEN)

Com isto você pode identificar quem está usando a porta finalizar o processo, ou você pode simplesmente matar o processo da seguinte maneira: kill -9 PID.

O que significa lsof?

lsof siginifica List Of Open File. Arquivos são muito importantes no Unix, toda vez que estiver trabalhando no Linux/Unix poderá haver vários arquivos e pastas que estarão sendo utilizadas. Este comando fornece uma lista de arquivos que estão abertos. Basicamente, fornece as informações para descobrir os arquivos que estão abertos e por qual processo. De uma só vez, lista todos os arquivos abertos no console de saída.

Aqui você encontra mais informações sobre o lsof e formas de utilizá-lo.

É isso.